segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Everybody hurts... sometimes


"... Well, everybody hurts
Sometimes, everybody cries
And everybody hurts, sometimes
So hold on
Everybody hurts
You're not alone... "

Não tem jeito, a vida é isso mesmo...  Seja da forma e no tempo que for, algum dia, a gente vai sim, trombar com alguma adversidade...
Umas maiores, (ás vezes, beeeem maiores) outras menores, mas que nem por isso deixarão de doer...
De uma forma egoísta, costumo dizer que a maior do mundo é sempre a que dói na gente.
Nestas horas, aquele blá blá blá de Poliana "- Veja pelo lado bom " é de cravar, e o  "- Tem coisas piores" acaba sendo inútil...
Mente quem disser que pensar na tragédia do Haiti anestesia a dor sentida ou alivia a "síndrome do Atlas" (quando sentimos todo o peso do mundo nas nossas próprias costas...)
A boa notícia é que, seja qual for a crise, uma coisa é certa:
Tudo passa... 
Então, soldado:
Avante na batalha!!! Guenta firme e Força nessa peruca!!!!
Se der vontade, lá pelas tantas, dê-se ao direito de mandar às favas a educação, e se quiser, pode berrar, chorar, espernear, xingar e perguntar - Por queeeee???? (faz parte...)
Mas, depois de extravazar, acalma tua mente e tua alma; Transforma a tua energia de luto em luta, olha ao teu redor,  percebe (e recebe) os que querem te ajudar, e que (muito provavelmente) já passaram por alguma também...  
Estamos aí... se precisar, é só berrar!!!!
Concentra na imagem do dia em que isto tudo, já mais distante, será experiência somada na bagagem da tua evolução...


E não esquece:
Isto também vai passar!!!!
Vamo que vamo que dá!!!

Trilha sonora:
R.E.M - Everybody hurts
Quem disse que música (além de tudo) não pode ser uma grande conselheira??
Vale constatar que os maluquinhos, além de muito talento, tinham muita sensibilidade... 
*Legendado, para ninguém dizer que estou de sacanagem...  ( ;