sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Que tempo bom ...

 
O.K!!
Agora é oficial:
Sou uma jurássica- velha guarda- "das antiga"- saudosista!!!
Hum... não viu a menor novidade nisso? 
Vou fingir que não percebi sua maldade... E completar:
Com muito orgulho!!!!
(Sinceramente, deixei de lado certos pudores, e já não estou nem aí de entregar minha idade...) 

Minha "memória de elefante" acabou fazendo de mim um ponto de referência anos 80/90.
Já recebi ligação desesperada de gente que não conseguia lembrar o nome de uma música de uma novela de 1.900 e ploc...
Foi divertido ouvir: 
- Me disseram para te perguntar... se tu não soubesses, ninguém mais saberia... (UaU!!!) 
(E, modéstia a parte, 5 minutos depois eu já estava mandando a música, banda, letra e clip...)
Sempre gostei de relembrar sucessos, jingles, propagandas, músicas, fatos e personagens dos anos 80 e 90,  mas,  o que antes era só desafio de memória, agora é orgulho master das coisas boas do meu tempo - bem coisa de mãe, e que  agente achava super careta!
(Putz, me entreguei de novo... não se usa mais "careta", agora  é "out"... )
Estes dias, fui em uma festa retrô, e quase tive uma síncope...
Enquanto eu me a-ca-ba-va dançando e cantando meus hits favoritos, repetia:
"A gente era feliz e não sabia..."
Se pararmos para pensar, saudosismo é sempre igual.
Foi assim com nossos avós, com nossos pais, está sendo comigo, e  provavelmente será assim com as próximas gerações...
O melhor é sempre o tempo ido...
A fórmula da melancolia  saudosista nunca muda: pega-se o passado, subtrai-se a parte ruim, adiciona-se a lembrança idealizada daquilo que, visto hoje,  parece ter sido tão perfeito (será que era mesmo?) e dividi-se com quem estiver ao redor:
"Ah! no meu tempo era bem diferente..."
Não se iluda! Mais cedo ou mais tarde, a frase acima fará parte também do seu discurso...
Mas, deixando de lado os devaneios , e focando na (in)utilidade do Blog, voltemos à "parada retrô"...
Em tempos de Justin Bieber e Restart, animes e emos, bóra refrescar a memória de quem já trintou (por agora, há algum tempinho) ou anda por ali...





BRINQUEDOS E BUGIGANGAS



Vamos combinar que só as campanhas da Estrela (principalmente as de Natal e Dia das crianças), já eram uma sacanagem com os pequenos e desesperados consumidores...
Aqua Play, Atari (evoluíndo para Odissey e Super System) - a gente chegava a ter cãimbra na mão de tanto jogar pacman e destruia  joystick para jogar decathlon!!!, Autorama,  Playmobil, Banco imobiliário, Comandos em Ação (G.I Joe), Cubo Mágico, Detetive (sempre fui muito boa nisso... Cel. Mostarda, com o candelabro, na sala de jantar...hehehe), Falcon, Susie, Fofoletes, Família Peposo, Bebezinho, Agarradinho, Genius e Merlin, Imagem e Ação, Jogo da vida, Lango Lango, Pogobol, Super Trunfo, Mola Mania,  Fluffy (meu irmão chamava de esporte de maluco, total inútil!),  Régua - bate enrola, as bolinhas do Paraguay (umas de borracha, transparentes, que tinham umas estrelinhas dentro)  quicavam muiiiito, Jogo de bafo, Menina Flor, Moranguinho (e o álbum super cheiroso), Batom e brilho em forma de moranguinho,  Brilho labial da Boticário (vinha numa latinha), Perfume Thaty(azulzinho) e Giovanna Baby, Pula pirata, War, Resta um, He- man e seu castelo, Coleção de papéis de carta, Barbie (e sua casa, carro, academia, loja, clube, escola...), Caneta de 10 cores, Penal de 4 andares e de botões (noooossa, tinha até uma lupa...), Geleca, Garrafinhas em miniatura da coca-cola (afinal, podia beber???), Coleção de borrachas perfumadas, Ioiô da coca, Patins (de sandália, de botas e  roller), Hello Kity,  Caloi Cross, BMX e Caloi Ceci, Barbie face, Lu patinadora, Cara a cara, Vitrolinha portátil de caixinha (para tocar os disquinhos coloridos da coleção Arca de Noé), e depois o Walkman (o amarelo à prova d'água, da sony era o top)...



GULOSEIMAS


Nesta época não se falava em gordura trans ou  alimentação saudável, a gente comia bife e batata frita no óleo de soja mesmo...
Algumas das gostosuras anos 80:
Bala soft (até hoje procuro casos de óbitos por engasgamento!!!!), Balas banda, Cigarrinho Pan (super politicamente incorreto), Drops Paquera, Guarda chuva de chocolate, dadinhos, Mini chicletes, Lolo ( meu preferido, disparado), Chocolate Surpresa, Balas sugus, Ice Pop, Ki suco (super natural), Chocolate Kri, Pirulito do Zorro, Pirocóptero e Pirapito, Piraquê, Balas Xaxá e Malukinha, Quick ("faz do leite uma alegria"- o de morango era tão natural quanto o Ki suco!), Picolé Frutilly, Picolé Fura Bolo, Brown Cow ("tá faltando alguém aqui"), Mirabel, Bolin bola, Ping pong, Moedinhas de chocolates e  chocolápis, Pirulito de chupeta, Pirulito Dip Link, Chiclete Azedinho doce, Balas caramelo Kids ("quando o baleiro parar..."), e depois as Tortuguitas (estúpida), e a Cherry coke (blérght)...


DESENHOS



Caverna do Dragão - Pensa numa geração inteira que ficou sem saber se aquela gurizada consegui ou não voltar para casa ... Incompetente (ou sacana???)  do Mestre dos Magos..., Snorkels (adorava), Smurfs (sem comentários!!), SuperAmigos ("enquanto isso, na sala de Justiça"), Corrida Maluca (“Muttley !!! Faça alguma coisa), Duck tales (queria uma piscina de moedas igual a do Tio Patinhas), Capitão Caverna, Muppets, Ursinhos Gummy (que diabos tinha naquele suco, não?), Ewoks, Os Jetsons, Get Along Gang, Turma da pesada, Os Simpsons, He - man, She-ra (tinha o  geninho...), Thundercats (sonho de consumo - a espada Justiceira - visão além do alcance, humm!!!), Kissyfur, Jaspion (* momento veneno - tem gente que até hoje curte um Sata Goss... ), Ursinhos carinhosos, Tartarugas ninja...


NOVELAS



Acho que esta foi a época áurea das novelas brasileiras, muitos jargões permanecem até hoje... Guerra dos Sexos (Lembra da cena antológica do café?), Amor com Amor se Paga (Destaque para Nonô Correia), Vereda Tropical (do Super Théo!), A Gata Comeu (Da Jô Penteado) , Roque Santeiro (Clássico),  Ti Ti Ti ( minha irmã tinha o batom 24 horas - Boka Loka), Selva de Pedra, Brega e Chique (Adorava), Cambalacho (Regina Casé,  impagável como Tina Pepper!!!) Mandala (Inesquecível Rosana, cantando "Como uma Deusa"),  Sassaricando ("a cobra vai fumar"), Vale Tudo (participei da promoção da Maggi - Quem matou Odete Roitman?),  Bebê a Bordo (a novela da trilha que eu falei no início do post.... a menina que fazia a Heleninha já deve estar casada...), Que Rei Sou Eu? (Queria casar com o Jean Pierre)
Ali pelos 90 teve Top Model (Além do amor entre Duda e Lucas , tinha a Família Kundera. Lembra?), Tieta (Porreta!!), Pantanal ("só viro onça quando tô cum raiva"), Rainha da sucata (era da lambada!!!!), A viagem (tinha uma Lisandra!), O Rei do Gado (os Berdinazzi X Mezenga), Pedra sobre Pedra (e as flores do Jorge Tadeu), Renascer (morte matada ou morte morrida debaixo do Jequetibá), Vamp...

FILMES



Comandaram a época, à partir deles, músicas foram lançadas, a moda era ditada...
De volta para o futuro (nooooossa), Footloose, Curtindo a vida adoidado (Save Ferris), Gonnies,  Gatinhas e gatões, Sem licença para dirigir, Gremilins (pedi um Gizmo de Natal), A caravana da coragem, (pedi um Ewok de dia das crianças), Flashdance e Dirty Dancing (coreografias de cor), O enigma da Pirâmide (foi aí que decidi - queria ser detetive...), Loucademia de Polícia e Corra que a polícia vem aí (põe besteirol nisso), Labirinto (com David Bowe), Top Gun (Tom Cruise no auge), Indiana Jones (queria casar com o Indy!!), Karatê Kid (imagina aprender com Seu Miagui o "limpa assoalho"?!), Grease (assisti 156.987 vezes), Garota de Rosa shocking, Namorada de Aluguel (Dr. Mc Dreamy era gurizão), Lagoa Azul (passava toda semana na sessão da tarde), Caça fantasmas (caso eu não fosse detetive, seria caça fantasmas), História sem Fim, Rock, Star Wars (clássico), Os trapalhões (e isto, e aquilo, sempre lançados nas férias, com direito à filas descomunais), Um dia a casa cai, (Tom Hanks rules), Quero ser Grande (Tom Hanks rules[2]), Poltergiest ("venha para luz",  eu era suuuper corajosa, assistia ... e depois não dormia!!!), E.T (Ahhh!! Quem pudésse voar em uma bicicleta...), Super homem.
Já nos anos 90:
Uma Linda Mulher (decidi que queria casar com Richard Gere, o Indy iria entender...), Titanic (chooorei), Cidade dos Anjos (choooreeei), Ghost – Do Outro Lado da Vida (chooooorei de novo),  A Espera de um Milagre (quase desidratei), Filadélfia (desidratei), Coração Valente (chorei copiosamente), Lendas da Paixão (puuuutz),  Armageddon (Senhooooor, será que eu só chorei nos anos 90???), O Sexto Sentido ("I see dead people"),  O Casamento do Meu Melhor Amigo (amei), Amor Além da Vida,  Matrix ("Welcome to the real world, Neo"), Forrest Gump (God bless Tom Hanks), A Lista de Schindler (pesado), Advogado Do Diabo
( "vaidade, meu pecado favorito"), O Resgate do Soldado Ryan (ainda havia lágrimas???),  O Silêncio dos Inocentes (m.e.d.o), Querida encolhi as crianças e Esqueceram de mim (até que enfim algo para rir...)

 SERIADOS e PROGRAMAS 






Muito bons (ou não), a gente achava a maior graça...
Bozo ("Dá uma bitoca no meu nariz", essa eu uso até hoje ...), Viva o Gordo, Balão Mágico (certo medo do fofão), Xuxa (R: Saturnino de Brito, 74, Jd Botânico - Rio de Janeiro CEP 22470... todas meninas queriam ser paquitas...), Mara Maravilha (era a Xuxa popular), Angélica (era a Xuxa "classe média"), MacGyver - Profissão Perigo, Super Vicky, TV Pirata, A gata e o rato, Alf - o E.Teimoso, Três é demais (estréia das gêmeas Olsen), Armação Ilimitada (Juba, Lula, Zelda e Bacana) , Domingo no parque (que nervoso quando o tio Silvio perguntava - Você quer trocar este Atari por um milhão (leia-se, um milho gigante)??? e a criança na cabine respondia: Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!!!! hahahaha), Miami Vice, Primo Cruzado, Águia de fogo, Super máquina, Barrados no Baile e seus topetes, e o início da era Friends!


 HITS  
(os melhores, yeah, yeah)





Aqui virou sacanagem, porque talvez seja meu maior saudosismo, que época, que bandas, que hits ... e de certeza aqui vão só algumas, e ficarei devendo várias trilhas sonoras que bombaram nas fitas K7 e LP's...
A-ha, AC/DC, Men at Work, Midnight Oil, The Rolling Stones,  The Clash, The Police , Pet Shop Boys, Queen,  David Bowie , Billy Idol, Depeche mode , Erasure,  U2, The Cure,Mr. Big, George Michael, Fine Young Canibals, Wham!, Simply Red (choreeei), Duran Duran, Tears for Fears, The Pretenders, R.E.M, Madonna, Michael Jackson ( ícone dos anos 80), B 52′s, Van Halen, Aerosmith, Oingo Boingo, Beach Boys – Kokomo, Berlin, Foreigner, Devo, Prince, Kool & The Gang – Celebration, Tina Turner ( ponto alto: ela chamando o Senna no palco, durante a música Simply the best- Austrália/1993) Bon Jovi, Cyndi Lauper, Talking Heads, Rush, Kiss, INXS, Nirvana, Red Hot Chili Peppers, Oasis, Green Day, Pearl Jam...
Não posso esquecer dos Menudos (desculpa galera), Dominó,  Ciclone...
E os nossos  "Jurássicos Brasileiros" perfeitos, que tocavam no Globo de Ouro!!! Titãs, Legião Urbana, Engenheiros do Hawai, Nenhum de Nós, Camisa de Vênus,  Barão Vermelho, Ultraje a rigor, Ira, RPM, Paralamas do Sucesso, Blitz, Skank, O Rappa, Jota Quest, Cidade Negra, Casia Eller...

MODA 

Aqui, definitivamente, deu de tudo:  tênis bamba, conga, kichute, mocassim dockside, montreal, Pony, kit shoes, all star, as melissinhas (que vinham com pochetinha, reloginho, maquiagem...), calça baggy e semi baggy de cintura altíssima (pool, dijon e starup), as jaquetas jeans, moda Madonna, moda aeróbica e a faixa na cabeça, moda fosforecente, saia balonê, mullets, franjas (arrepiadas, desfiadas, repicadas (sempre com muito Neutrox!), com topetes que eram verdadeiras paredes), polainas, ombreiras, moda surf: pochete, Lightning Bolt, Fico,Town & Country, Hang Loose, O.A, Billabong, Rip Curl...  tênis da Redley, mochila da company, 775, camiseta do Mickey Mouse, carteira emborrachada da O.P,  Topper, Le Cheval,  os brinquinhos auto colantes, que vinha numa cartelinha, relógios champion e G- shock, gel new wave...
(Descobri que tudo isto agora é Vintage!)
Nos anos 90:
Reebok de botinha, moletons do Planet Hollywood e do Hard Rock café, blusa segunda pele, calças coloridas (seria o prenúncio do Restart???), a moda rockabilly e grunge- cuturnos, crucifixo gigante no pescoço, camisetas da Anonimato, camisa xadrez, saias xadrez, meião...
Aff, acho que não tenho tanta saudades disso não...


Well...


Quem viveu tudo, ou parte disso, sabe do que estou falando, para quem não sabe ou não lembra, o Santo Google (oráculo!!!)  está aí, vale uma olhadinha, é divertidíssimo...

Agora, voltando aos devaneios...
Partindo do princípio que saudosismo é sempre igual, que o bom é o tempo ido, e constatando que algumas febres dos anos 80 e 90 foram de gostos bem duvidosos (para não dizer bizarras...)
A pergunta que não quer calar...
O que dirá a geração de hoje, daqui a 15 anos???
Ai, que saudades do Fiuk!!! (????) ¬¬
" Que tempo bom, que não volta nunca mais..."